Fazer empréstimos, boas razões para contratar!

Fazer empréstimos é viável em qual momento? Se uma pessoa encontra-se com problemas fiscal, com débitos pendentes, dívidas em atraso e com perigo de ter o nome inscrito no SPC e Serasa, com certeza essas são razões para fazer empréstimos.

Na verdade podemos encontrar inúmeros exemplos de situações para pedir um empréstimo pessoal nos credores disponíveis, desde situações inesperadas até as de puro consumo de bens e futilidades.

Como fazer empréstimos pessoais?

Uma vez constatado a necessidade, o primeiro passo é buscar a chance de adquirir uma solução de crédito viável. Vale mencionar que a captação de recursos em bancos e financeiras não é algo que deve ser utilizado de forma irresponsável.

É importante que as pessoas tenham a responsabilidade de devolver o dinheiro que elas pecam financiado. Ao pegar dinheiro emprestado para se livrar de dívidas faça em prazos e com parcelas acessíveis.

O que é como é possível fazer empréstimo pessoal?

“O termo empréstimo é mais conhecido como um “contrato” pelo qual uma pessoa ou empresa entrega a outra pessoa um objeto, que deve ser devolvido em um certo prazo. É comum a utilização do termo “empréstimo” para designar outras operações, como financiamento e crédito ao consumo ou crédito pessoal.

Vale mencionar que enquanto no empréstimo o valor é dado sem destinação específica, no financiamento existe a vinculação entre o valor concedido e sua utilização”

Quem precisa de dinheiro no Brasil, pode resolver facilmente uma série de problemas causados pela falta de dinheiro com o gatilho do empréstimo pessoal.

Antes de você entender quais as razões para fazer empréstimos, também procure entender como lidar com um credor e quais empréstimos são fornecidos para o seu tipo de perfil.

Empréstimo online ou na loja física?

Hoje, fazer empréstimo ficou mais fácil. Existem duas possibilidades do consumidor conquistar o crédito que deseja. O primeiro é o tradicional, aquele em que o consumidor vai numa loja física da financeira e faz a simulação. Neste caso, os riscos acabam sendo menores, afinal você sabe onde fez, qual o banco, o contato e endereço. Normalmente há até uma folha de contrato impressa e o cliente tem as informações que precisa.

A outra opção é a internet, as chamadas fintechs. O cliente pesquisa na internet as opções de empresas que oferecem empréstimo online, faz a simulação e realiza um cadastro. Normalmente, essas etapas são rápidas e o consumidor não sai de casa, pode receber o dinheiro diretamente na conta. Porém, aqui os riscos são maiores, já que o cliente precisa pesquisar bem e ficar atento para não cair em golpes.

O tempo de análise para possível aprovação varia bastante de banco para banco e de cliente para cliente.

Como funciona a liberação de crédito?

Para você conseguir fazer empréstimo é preciso atender alguns requisitos importantes, pelo menos na maioria das entidades financeiras. O primeiro passo é ter o nome limpo. Os bancos analisam isso no primeiro contato que o cliente busca para saber do crédito disponível naquela instituição.

Antes de buscar por um empréstimo, o ideal é que consumidor busque verificar a condição do seu nome nos órgãos de proteção ao crédito, o Serasa e o SPC. Apesar de você sempre pagar suas contas, pode acontecer de uma cobrança ou outra, até indevida mesma, suja seu nome. Se isso for confirmado, veja quem é o credor e busque mais detalhes.

Se o nome estiver limpo, suas chances de conseguir um empréstimo aumenta bastante. Porém, nessa lista é preciso acrescentar ainda o histórico de crédito e a comprovação de renda. Esses dois detalhes também fazem a diferença e depende muito mais do consumidor do que do banco ou financeira em si.

O histórico de crédito é a movimentação que você vem realizando nos últimos anos, seja comprando no cartão de crédito ou até o financiamento de um carro. O banco analisa essas suas movimentações e a partir delas considera se empresta ou não o dinheiro.

No caso da comprovação de renda, fica mais fácil. O cliente que busca fazer empréstimo pode levar um holerite, caso seja registrado e tenha 3 meses de empresa. Se for empreendedor, por exemplo, pode levar Imposto de Renda ou até mesmo extrato da conta bancária.

Seguindo esses passos, você certamente vai conseguir fazer empréstimo com agiota sem muitos desafios.

Fazer empréstimos, boas razões para contratar!
Média 545 votos