Empréstimo ilegal ? Agiota! Quem nunca pegou um “empréstimo pessoal” ou “crédito pessoal” no limite do banco? Outros com mais facilidades apelam para o empréstimo consignado em folha, a solicitação é feita por aposentados, pensionistas e servidores públicos. Os trabalhadores comuns podem fazer o consignado privado na empresa que trabalha.

Os cartões de crédito são uma verdadeira fonte de recursos financeiros basta saber usar, ainda restou as cooperativas, associações, sindicatos e grêmios que oferecem empréstimos com taxas bem razoáveis.

Claro que existe muitas linhas e modalidades de crédito na praça, mas tem uma que a maioria das pessoas já ouviu falar bastante, inclusive seus métodos de cobrança, são os agiotas, a atividade deles chama-se agiotagem. Fazem empréstimo sem consulta ou burocracia, porém aplicam taxas de juros fora dos padrões legais. Leia: agiota empresta dinheiro com nome sujo?

Normalmente os agiotas não escolhem seus clientes, o empréstimo ilegal de quantias em dinheiro variam de R$ 100 a R$ 50.000 ou mais dependendo de quem esta pedindo o empréstimo. Para conseguir o dinheiro, é exigido garantias para cobrir o valor solicitado.

Vale dizer que esse tipo de empréstimo ilegal com agiota esta à margem da lei, ou seja, é proibido. Além disso, os juros são cobrados extorsivamente do tomador do empréstimo que pode ainda ter dificuldades no relacionamento com o agiota caso não possa dar prosseguimento nos pagamento.

O maior problema de fazer negócios que envolvam a tomada de recursos financeiros com agiotas ( empréstimo ilegal ) esta justamente em recorrer à justiça se algo der errado. A cobrança feita pelos agiotas para reaver o dinheiro emprestado em geral são inadequadas e violentas.

Lembre-se que quando a situação financeira aperta encontrar um empréstimo sem complicação parece ser a solução, se você pretende fazer empréstimo em agiota nosso dica é esqueça, procure outra forma de resolver seus problemas financeiros.

Não aumente ainda mais suas dificuldades! Não comprometa sua integridade e o bem estar psicológico de sua família. O crédito entre particulares pode ser uma boa alternativa.